sexta-feira, 17 de agosto de 2012



E quantas vezes  do que sobrou de nós,

escrevemos palavras que nos ressuscitam...


ALUÍSIO CAVALCANTE JR.



49 comentários:

  1. Oii amigo, é bom escrever palavras que nos ressuscitam assim como lê-las tbém Abraçoooss

    ResponderExcluir
  2. E como nos ajudam, é como um desabafo, um por pra fora que acalenta meu interior. Lindas palavras.

    ResponderExcluir
  3. OI ALUISIO!
    É DO SER HUMANO, SEMPRE É POSSÍVEL RECOMEÇAR, BASTA TER SOBRADO ALGO.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  4. ola , vi o seu comentário num outro blog e saí correndo para o seu blog, vendo seu magnifico espaço, adorei imenso, mas tenho um convite para fazer, se voce gostar de poesia venha visitar e dar a sua opinião aos meus poemas http://assombrado-mc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. "SE chorei ou se sorri, o importante...Eu vivi"

    Não consigo pensar em outra palavra "SUBLIME"
    Abraço ;)

    ResponderExcluir
  6. Meu amigo tantas vezes essas palavras nos dão forças para seguir em frente. Lindo!
    Bom fim de semana
    beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  7. Olá Aluísio

    Como isto é verdade, a mim a palavra dentro mata-me, ela fora, quando a consigo expressar, ressuscita-me.

    Ótimo domingo!

    Abraços

    ResponderExcluir
  8. As palavras têm muito poder. Pena que algumas pessoas não saibam disso, amigo!
    Beijocas, muitas!

    ResponderExcluir
  9. As nossas sobras são o melhor de nós.

    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  10. Olá querido, quero dizer gostei muito do seus escritos, frases intensas... Vou estar acompanhando seu blog me tornando membro, gostei mesmo. Deixo um convite, quando tiver um tempinho, se quiser faça-me uma visita será um prazer. Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
  11. Sempre sobra um pouco de nós...

    Beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  12. Boa noite, Aluísio. Muito triste é ter que encarar a realidade de algo sobrando em nós.
    Recomeço sempre difícil. Talvez haja a possibilidade de encararmos a vida com quem amamos de uma forma diferente.Outras, é sentir que o que se perdeu no caminho terá de ser juntado novamente.
    Beijos na alma e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  13. Parabéns pelos lindos escritos =)

    ResponderExcluir
  14. São palavras mágicas, colhidas com o coração. Abraços

    ResponderExcluir
  15. Maravilhoso!! Parabéns!abração,chica

    ResponderExcluir
  16. Querido Aluisio,
    Tantas e tantas vezes o que sobra de uma relação são saudades.
    saudades boas ou saudades más. Mas, não deixam de ser aquilo que nos faz chorar a falta do que já não temos mais.
    Grande beijo, amigo.
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir
  17. Meu querido amigo

    Quantas vezes são esses restos que nos dão a força que precisamos para seguir em frente.


    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  18. é verdade..
    vivemos tão bem com pouco não é?

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  19. Falou tudo com tão pouco, basta uma lembrança e nos fortalecemos e revivemos, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  20. Profundo e sábio Aluiso.
    Gosto de te ler!
    Porque a verdade, e o sentimento abraçam forte a gente.

    Bjo

    ResponderExcluir
  21. Olá poeta Aluísio, que tudo esteja bem contigo!

    Em grande parte de nossa existência, somos mais tocados pela simplicidade de ser, portanto um simples gesto é capaz de nos deixar deveras feliz!

    É como vir por cá, neste teu belo espaço sempre encontro belos pensamentos escritos, e com a simplicidade suficiente para comover a alma humana, parabéns pelos escritos, e também pelas lindas imagens que escolhe e postas cá!

    E grato sempre por tuas gentis visitas e comentários eu desejo a você um viver de intensa felicidade, abraços e até mais!

    ResponderExcluir
  22. Estou em constante renascimento... em novas descobertas dentro de mim!
    As palavras são meu maior bem.
    Beijinho especial.
    Uma quarta-feira, repleta de coisas boas!
    Lorena Viana

    ResponderExcluir
  23. verdade amigo
    tem vezes que as palavras
    que vem lá de dentro nos eleva
    linda noite bjs

    ResponderExcluir

  24. Como estava um pouco afastada estou tentando voltar aos poucos
    novamente tentando digerir o desconforto que estou passando no momento.
    Eu não posso parar muito menos desistir de lutar como sempre fiz.
    E a amizade nos da força sempre para continuar nossa jornada.
    Nessa rapida visite convido você a ler minha postagem
    também dizer se gostou do novo visual da nossa Viagem.
    Linda noite beijos no coração,Evanir.

    ResponderExcluir
  25. E busco esse renascer na voz dos poetas...
    Obrigada poeta
    deixando um abraço grande

    ResponderExcluir
  26. Bom dia!
    Penso muitas vezes que somos feitos de retalhos.Retalhos de palavras,emoções,esperanças,de amor.Um dia quem sabe todos os retalhos vão se juntar.
    Grande abraço
    se cuida

    ResponderExcluir
  27. Somos alimentados com palavras, e as palavras precisam ser proferidas. É bíblico, até mesmo Jesus disse: "nem só de pão vive o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus".

    Abraço,

    ResponderExcluir
  28. É bem verdade , quantas e quantas vezes escrevemos palavras que nos ressuscitam ! Muito bonito !

    ResponderExcluir
  29. mais vezes do que alguma vez pensaríamos
    beijinhos

    ResponderExcluir
  30. Boa noite,

    Profundo!!!!

    Tenha um fds abençoado,

    Abraços
    Suely

    ResponderExcluir
  31. Diferente, amigo. Mas com a mesma poesia e profundidade de sempre. Meu abraço, boa semana!

    ResponderExcluir
  32. Fica sempre um pouco de perfume
    que leva a uma inspiração.

    Bj

    ResponderExcluir
  33. Concordo com esse texto pequenino mas q diz tanto...
    "palavras q confortam alma fazem bem .
    Podem nos ressuscitar num momento.
    A Blogosfera é assim ... "colho pequenos trechos "pérolas e sinto mais ânimo pra continuar...
    Beijos e boa tarde de domingo, sigo aqui também professor. Amei esse cantinho.

    ResponderExcluir
  34. E aí nasce o sabor poético!

    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  35. Querido amigo; desculpe a demora do retorno, mas estive viajando e envolvida com o aniversário do meu neto.
    Muitas vezes ficam tantas coisas, que refazem a trajetória toda da história.
    Lindo post!
    Beijos

    ResponderExcluir
  36. Olá, venho me encantar com tuas lindas frases!
    Te deixo votos de boa noite beijos.

    ResponderExcluir
  37. Olá amigo. Estou retornando das férias e começando a atualizar os contatos no blog. Lindas palavras, como sempre. Beijos.

    ResponderExcluir
  38. Pensiero stupendo! Vacanze finite per me...purtroppo!!Buona serata e felice fine settimana a te...ciao

    ResponderExcluir

  39. Acho que sempre nos resta forças
    pra recomeçar!
    Linda maneira de se expressar. Abraço

    ResponderExcluir
  40. Meu abraço, amigo. Aguardo o novo post, boa semana!

    ResponderExcluir
  41. Pois é,
    às vezes sobram não só palavras,
    mas uma saudades imensa.
    E não compensa colocar no papel
    tamanha dor.
    E a poesia faz-se silenciosa...
    Como se rosa não fosse mais flor.

    Com carinho
    uma
    rosa
    de
    Fátima

    ResponderExcluir
  42. e são as sobras que pimentam nossas sombras e assombram
    nossas potências afetivas, festivas, vivas.
    saudações,
    delamancha

    ResponderExcluir
  43. Oi estimado colega,

    Grata por sua visita e comentário.
    Tem razão no que diz: é com as sobras, as pequenas coisas, que damos sentido à vida.

    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  44. É verdade, têm palavras que nos levantam, que nos fazem seguir.
    Tenha uma abençoada semana.

    ResponderExcluir
  45. Boa tarde, Aluisio. Palavras coerentes as suas. Concordo plenamente contigo.
    As palavras têm o poder de livrar e acorrentar uma vida.
    Que a usemos, que a escutemos para salvar o nosso espírito.
    Beijos na alma e fique na paz!

    ResponderExcluir